Palestra sobre desenvolvimento em android na ESTG

Praticamente uma semana depois da realização desta palestra , finalmente tive tempo para fazer um pequeno resumo do que se passou e de como correu.

Apesar de um breve atraso no inicio da palestra devido a problemas técnicos iniciou-se o inicio da palestra comigo a falar sobre versões de android e suas inovações e dicas sobre como trabalhar como o GIT. As partes que gostei mais na palestra foram a palestra sobre OpenGL e sobre Rom development onde deu para aprender muita coisa que nunca se vai aprender na escola e que me fez despertar um interesse em rom development e ainda me levou a querer aprender ainda mais de programação.

androidPT

Game Dev:
Coisas como motores gráficos e NDK fizeram-me ver que aquilo que eu tinha feito para a PAT em rpg maker VX não foi nada por ai alem e que ainda tenho muito que aprender sobre a área de game dev. Com esta palestra vi que nem sempre a ideia mais complicada é a melhor e que se podem criar jogos muito interessantes sem recorrer a grande histórias de jogo. Uma coisa que achei muito interessante foi o que é preciso para desenvolver um motor de jogo, desde as leis da física, a optimização de código e previsões de embate do objecto que criamos no jogo.

A criação de um jogo a nível visual é muito fácil bastando para isso criar 3 variaveis:

  • Mundo
  • Objecto que controlamos;
  • Zonas de impacto
  • Fundo para dar .

Posteriormente a esta etapa tem que se definir em que é que o jogo vai consistir ao seja o guião do jogo . E aqui definimos o que é que para se fazer no jogo , desde quests , noiveis , personagens , etc.

Por fim a parte mais desafiante juntar isto tudo e criar um jogo com tudo o que planeamos.

Rom dev:

Este foi sem sombra de dúvidas o tema que me interessou mais. Já a algum tempo que gostava de aprender como criar uma ROM e sempre pensei que fosse impossível para quem não percebesse muito de C ou outras .Mas acabei por ver que não é assim tão difícil e que já existem muitas ferramentas que ajudam neste trabalho .No entanto é preciso conhecer termos como boot.img , root , init.rc , kernel etc e saber o que cada um faz.
Uma das formas mais básicas de criar uma custom ROM é pegar numa já existente e fazer pequenas alterações, como adicionar e remover apk’s que estejam na pasta /system , criar um theme só nosso , alterar velocidades de clock do CPU, splash screens etc.E depois compilar tudo para criar uma ROM.
E vocês pensam agora mas é assim tão simples quanto isso ??Bem na teoria sim mas na prática é preciso ter alguns cuidados como não alterar definições importantes do sistema porque poderam ficar com o dispositivo inóperavel.
A outra maneira que existe para se criar uma rom é from the source ao seja adquirimos o source do android e começamos a construir a nossa rom totalmente da nossa autoria, mas nesta situação já é necessário conhecimentos de programação mais avançados , visto que se mexe com kernel dev , drivers dev entre outras coisas, e a quantidade de bugs que vão existir logo de inicio. Mas o importante é não desanimar.

Theme Dev:

Possivelmente o tema mais acessivel que falou nesta palestra visto que se torna muito fácil alterar themes, alias nunca pensei que fosse tão fácil. Foi interessante ver as ferramentas que se utilizam.

APN Portugal:

Foi feita uma pequena demonstração do funcionamento da mesma a nível de utilizador final e de aspectos importante relativamente a como identificar a que rede se pertence.